Quem sou eu

Campinas, S. Paulo, Brazil
Historiador, Mestre em História Social (USP). Autor de "A presença oculta. Genealogia, identidade e cultura cristã-nova brasileira nos séculos XIX e XX": co-autor do "Dicionário Sefaradi de Sobrenomes / Dictionary of Sephardic Surnames" , "B.J. Duarte, caçador de imagens" e “Os primeiros judeus de S. Paulo - uma breve história contada através do Cemitério Israelita de Vila Mariana”.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Menino ou adulto. Ele se movimentava numa carrinho de madeira com rolimãs servindo de rodinhas, pois as pernas estavam atrofiadas. Eram muitos assim no interior paulista onde vivi, no final dos anos Sessenta, entre Tupã a Marília. Para mim aquilo era uma novidade, tanto quanto o papo (bócio) comuns por ali, pois o único aleijado que eu conhecia era Mefibosete e o seu pé torto. A poliomielite atingia principalmente pobres e mesmo sendo um ignorante, eu percebia que aquela doença condenava as pessoas a miséria, pois lhes tirava a capacidade do trabalho. Mas, surgiu a VACINA ORAL (“Gotinha”) e a polimielite desapareceu do cenário. ALBERT BRUCE SABIN (1906-1993) foi o seu criador. Ele pesquisou também a pneumonia, encefalite, câncer e dengue. Se eu fosse católico, batalharia para fazer dele um “santo”; como não sou, farei a lembrança dele sempre que puder... Happy Birthday (26/08), Dr. Sabin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário