Quem sou eu

Campinas, S. Paulo, Brazil
Historiador, Mestre em História Social (USP). Autor de "A presença oculta. Genealogia, identidade e cultura cristã-nova brasileira nos séculos XIX e XX": co-autor do "Dicionário Sefaradi de Sobrenomes / Dictionary of Sephardic Surnames" , "B.J. Duarte, caçador de imagens" e “Os primeiros judeus de S. Paulo - uma breve história contada através do Cemitério Israelita de Vila Mariana”.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

FALECEU A PRIMA MARIA JOSÉ VALADARES (1926-2013). Imigrar é buscar a Liberdade econômica e religiosa, mas é também um trauma, que cola a alma dos imigrados e seus descendentes. Quando tomei consciência desta ferida, passei a procurar os meus parentes por todos os meios possíveis, para reuni-los pelo menos em meu coração. A maioria que você procura é indiferente a isto, mas também há os que te ...ajudam e o incentivam, porém sou devedor eterno de dois primos queridos ELIAS VALADARES que vive em Simão Dias (Sergipe) e EDEN VALADARES, que vive em Salvador (Bahia), que me ajudaram encontrando novos personagens e me trouxeram novas informações. Edén Valadares me apresentou a prima MARIA JOSÉ VALADARES, que por sua vez se apresentou em versos (ela era de um ramo de poetas): Eu sou Maria Valadares / Filha de Limba e Maria José / Sou sobrinha de Zendre / Neta de João Valadares [Este é o meu bisavô!] / Meus pais moravam em Palmares / Mudaram para o Pombal / O meu pai tinha moral / E muita dignidade / Meu pai está na eternidade / E eu moro aqui em Pombal. Mamãe é Maria José / Filha de João Valadares / Meus pais moravam em Palmares / Limba é irmão de Zendre / Casou com Maria José / Papai e mamãe são primos / Por designo do divino / Casaram e viveram bem / Por isso a gente tem / A união que a gente quer. Meu avô João Valadares / Era um homem inteligente / Ajudou muito os parentes / Andou por muitos lugares / Com as questões particulares / Do povo que ele protegia / Estava com muita agonia / Meu avô vinha depressa / Com gentileza e conversa / A questão se resolvia. Minha bisavó Gertrudes / A mãe de João Valadares / Levaram ela para os lugares / Onde ela nem conhecia / Ali ela resolvia / Fazendo partos perigosos / Mais a ela ninguém pagava / Pois ela partejava / Por ser prestimosa / E ela tomava essa atitude (...). Pois a prima MARIA JOSÉ VALADARES (1926-2013) morreu hoje. Que nos Deus nos console.

Nenhum comentário:

Postar um comentário