Quem sou eu

Campinas, S. Paulo, Brazil
Historiador, Mestre em História Social (USP). Autor de "A presença oculta. Genealogia, identidade e cultura cristã-nova brasileira nos séculos XIX e XX": co-autor do "Dicionário Sefaradi de Sobrenomes / Dictionary of Sephardic Surnames" , "B.J. Duarte, caçador de imagens" e “Os primeiros judeus de S. Paulo - uma breve história contada através do Cemitério Israelita de Vila Mariana”.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Tipu Sultan (1750-1799), o “tigre de Misore”, foi um déspota esclarecido que governou o principado indiano do mesmo nome e entrou na listinha dos três maiores inimigos da Grã-Bretanha feita pelo Museu Militar Britânico. Na lista, Napoleão é o primeiro, Atatürk é o segundo e ele o terceiro. Os seus descendentes que não pertenciam a ordem sucessória real tornaram-se místicos sufis, músicos inspirados e poetas. O trineto, Inayat Khan (1882-1927) combinou as três atividades em si. Na peregrinação que fez ao Ocidente para propagar o sufismo, encontrou Ora, prima de Mary Baker Eddy, fundadora da seita Ciência Cristã e casou-se com ela. Tiveram quatro filhos. NOOR-UN-NISA INAYAT KHAN (1914-1944), uma das filhas, nasceu em Moscou, mas, depois a família se estabeleceu em Londres e finalmente em Paris. Onde ela estudou psicologia infantil na Sorbonne e composição musical com Nadia Boulanger. Na II Guerra entrou para a espionagem britânica (SOE) como operadora de rádio na França Ocupada, quando coletou e transmitiu informações para os mentores ingleses. Denunciada, foi presa, torturada pela Gestapo e assassinada no campo de Dachau. 2014 é o centenário do seu nascimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário