Quem sou eu

Campinas, S. Paulo, Brazil
Historiador, Mestre em História Social (USP). Autor de "A presença oculta. Genealogia, identidade e cultura cristã-nova brasileira nos séculos XIX e XX": co-autor do "Dicionário Sefaradi de Sobrenomes / Dictionary of Sephardic Surnames" , "B.J. Duarte, caçador de imagens" e “Os primeiros judeus de S. Paulo - uma breve história contada através do Cemitério Israelita de Vila Mariana”.

sábado, 17 de maio de 2014

“Cata o piazito”. Ele não teve como fugir, pois os populares caíram encima dele aos bofetões, o engraxate guarani de onze anos, que roubara um doce. O castigo judicial: aprender música e tocar na banda da polícia de Assunção. JOSÉ ASUNCION FLORES (1908-1972), gostou tanto da pena, que envolveu-se com música e logo dedicou-se a composição. Criou um gênero musical, a Guarânia paraguaia, e também uma canção que se tornou universal: “Índia, seus cabelos nos ombros caídos”. A versão brasileira de Cascatinha e Inhana é boa, mas, bem diferente da original em guarani. Ele era um homem inquieto. Foi soldado de artilharia na Guerra do Chaco. Membro do Comitê Central do Partido Comunista. Mas, nunca esquecia de se apresentar: “Flores, compositor de Índia...” Ele morreu num dia destes, ainda no exílio (17/05).

Nenhum comentário:

Postar um comentário