Quem sou eu

Campinas, S. Paulo, Brazil
Historiador, Mestre em História Social (USP). Autor de "A presença oculta. Genealogia, identidade e cultura cristã-nova brasileira nos séculos XIX e XX": co-autor do "Dicionário Sefaradi de Sobrenomes / Dictionary of Sephardic Surnames" , "B.J. Duarte, caçador de imagens" e “Os primeiros judeus de S. Paulo - uma breve história contada através do Cemitério Israelita de Vila Mariana”.

sábado, 26 de abril de 2014

O Professor Beppino reviveu uma particularidade do parente Moisés – os Levyim descendem da mesma tribu de M. Ele ensinou o caminho, mas, não entrou na sua Terra Prometida, como o ilustre parente; porém, três de seus alunos receberam o Prêmio Nobel de Medicina: primeiro foi Salvatore Edoardo Luria, em 1969, depois, Renato Dulbecco em 1975 e finalmente Rita Levi-Montalcini em 1986. GIUSEPPE LEVI (1874-1965), ensinou biologia e histologia durante anos na Universidade de Turim, o que lhe deu estes três alunos premiados. O seu neto, o historiador CARLO GUINZBURG tinha dez anos quando ele e a esposa passaram pelo Brasil, buscando criar um laboratório de biologia celular em S. Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário